FADM-2BMocambique

A resposta chegou…mas a ‘guerra’ continua!

Continuamos num marasmo político absoluto sem horizonte de retorno da Paz. A resposta da Renamo para o diálogo ao mais alto condiciona a sua efectivação a existência de mediadores.
O que me deixa preocupado em tudo isso é o alongar do sofrimento de milhares de moçambicanos que se encontram privados da liberdade e Paz.
Os transportadores inter-provinciais já não estão a fazer a circulação até zona sul com receio dos ataques no centro do país.
Para um país como o nosso onde o transporte terrestre é que garante a ligação do país o que vivemos agora é extremamente arrepiante. E mais, estamos num país onde o transporte aéreo é um luxo e monopolizado por uma única empresa o que nos deixa reféns das vontades de um grupo.
Dá-me a impressão de que o actual conflito ultrapassa a nossa imaginação na Cidade de Maputo. Por vezes penso que nós que estamos aqui na “grande Cidade” olhamos para a actual guerra de forma natural onde as mortes nada nos dizem, nem repugnam.
Não quero com isto dizer que devemos todos levantar a voz e condenar o que está a acontecer com os nossos irmãos no centro do país, mas, custa-me acreditar o sentido normal com que se leva a vida por aqui como se o país estivesse bem.
Já não há forma possível de esconder isto. Enquanto as partes (Governo e Renamo) continuarem desconfiadas e com agendas díspares, o país vai continuar a dar passar galopantes para o fracasso. Por fim, é preciso que se abandone a tônica de arranjar culpados no presente conflito.

Ode à PAZ!