hillary

O ”K.O” contra Donald Trump?

Os Estados Unidos da América são tidos como a nação mais democrática e credível em matéria de eleições, mas se partirmos do que disse Donald Trump neste terceiro e último debate podemos colocar em xeque a afirmação acima. Donald Trump não quis dizer se vai aceitar uma eventual derrota nas eleições de 8 de Novembro, lançando dúvidas profundas sobre o que poderá vir no dia seguinte.

No primeiro debate entre Clinton e Trump, a 27 de Setembro, a democrata saiu claramente vencedora, depois de se apresentar com um nível de preparação francamente superior ao do magnata republicano. A partir dessa altura, as sondagens disparam a favor de Clinton, passando de 1,5% de vantagem para a democrata para uma média de 5,6% antes do segundo embate.

Depois do último round televisivo, a candidata democrata voltou a ser considerada a vencedora numa sondagem da CNN, com 52% dos inquirido a atribuírem-lhe a vitória, contra os 39% que escolheram Trump, porém, este foi também o resultado mais renhido dos três debates.

Para lá desses debates, o dia 8 de Novembro é que vai realmente dissipar quaisquer dúvidas deste que vai ser o maior acontecimento político do presente ano.